Balneário Night Run - 10km

Balneário Camboriú (SC), 03 de novembro de 2012. Quando comecei a me preparar para os 10 km da Night Run de Balneário, alguns corredores me falavam da dificuldade de correr na areia, pelo fato de existirem inúmeras desvantagens.

Realmente, esse terreno exige mais da nossa musculatura, há um gasto energético maior. O risco de lesões aumenta, apesar do impacto ser menor, há um esforço maior na areia fofa. Devido a irregularidade do terreno, o equilíbrio e a capacidade que a pessoa tem de perceber o espaço que o seu corpo ocupa, são mais trabalhados e há a necessidade de uma concentração maior também.

A recomendação é correr próximo ao mar, onde a areia é mais plana e mais compacta. O cuidado era apenas de não molhar o tênis, correr com ele molhado e com areia, não seria tão confortável assim durante quase 1 hora. Depois de participar das provas do Costão do Santinho, Navegantes e Jurerê Internacional, já sabia aonde pisar ou melhor, por onde correr.

A largada na praia diante da Praça Central e as duas voltas para completar os 10km, contou com a companhia de um vento - parecido com alísio - úmido, devido a brisa marítima. Na tentativa de alcançar o meu sub-50 min, nessa distância, o meu ritmo diminuía quando me aproximava dos retornos, onde a areia fofa se estendia por uns 200 metros.

Posso dizer que corri muito. Não liguei para as dores no quilometro 8, apenas observava o frequencímetro, e quando percebia que dava para aumentar a velocidade, corria. Quando cheguei no quilometro 9, ainda não havia olhado o meu tempo no relógio. Decidi não olhar. Nos 400 metros finais, o público que assistia começou a surgir e a areia fofa também.

Quando olhei o meu tempo no pórtico e cruzei a linha de chegada, fiquei surpreso. Haviam me falado, em palavras de incentivo, que completaria em 48min. Consegui. Completei a prova no tempo líquido de 47min 53s, em um ritmo de 4min57s /km. Meu novo record nos 10km.


A largada.


Duas opções de distância 5km e 10km.


Ao todo, aproximadamente 560 corredores.


Eu de camiseta azul... olhando a areia fofa... que voltaria a aparecer nos retornos e na chegada.

  
 Com Ricardo em sua segunda prova, Sérgio e a estréia de Renata.


O percurso



Comentários

  1. Essa prova é muito legal, Marcelo. Pena que esse ano eu não consegui participar. Fizestes um excelente tempo, mesmo porque foi na areia, que é bem mais difícil. Parabéns pelo novo recorde pessoal, e tenho certeza que em asfalto vais abaixar bem mais !!! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Eduardo. A prova foi bem interessante, desta vez me preparei, o que fez a diferença. Espero baixar no asfalto. Mais uma vez obrigado, o incentivo dos amigos é muito importante. Tenho certeza que ano que vem, serão novas conquistas para todos nós.
      Abraços.

      Excluir
  2. Marcelo,
    Parabéns pelo recorde!!!!
    Abraços

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Desafio do Mirante - 4,7km

A Fratura

Corrida Internacional de São Silvestre - 15 km