Naventura Ilha do Mel - 25km

Ilha do Mel (PR), 27 de Julho de 2013. Há quase uma milha para atracar na ilha o motor do barco parou. Alguns passageiros a bordo, a maioria corredores, se entreolharam.  Estávamos à deriva. A tripulação na cabine balbuciou alguns impropérios e em seguida os motores voltaram a funcionar.

Tinha que ter emoção.


Ilha do Mel

Faltavam 30 minutos para a largada quando chegamos à areia, nos dividimos e coube a mim, retirar os kits.

Na largada eu e mais 105 corredores aguardávamos o sinal para percorrer os 25km de trilhas e praias na Ilha do Mel. 

Não tinha estudado o percurso e nem a altimetria que a organização havia disponibilizado semanas antes.

Também não teria adiantado muito, pois já nos primeiros 1000 metros do percurso, estávamos correndo literalmente de um lado para o outro, nas trilhas da Praia de Encantadas. Foi a minha primeira corrida que escutei os gritos do pelotão de elite: - Não é por aqui, volta!

Eu e mais 105 corredores dávamos meia volta; e os últimos ficavam em primeiro e os primeiros ficavam em último. Foi assim por três vezes até sairmos das trilhas e alcançarmos a primeira praia.

Sim. A sinalização do percurso era precária.

No quilômetro 2 o grupo de se dividiu novamente. Desta vez metade foi para um lado e a outra metade foi para outro. Como eu estava mais ou menos no meio do imbróglio, assumi o pelotão de elite... minha alegria durou pouco, logo escutei: - Não é por aqui, volta!

E pela última vez, o meu grupo precisou voltar e quem estava em primeiro, como eu, acabou ficando por último.
Bateu um certo desânimo, a prova nem havia começado e minha posição era penúltimo, afrente apenas do Sr. Egomar, da equipe de corrida Loucos por Corrida, que também participava da prova.

Mesmo chateado com a falta de organização, lembrei do meu objetivo que era fazer uma prova como preparação para o K42 de Bombinhas.

O percurso começou a ser desbravado e a cada km alcançado o cenário apagava a lembrança da confusão gerada pela falta de sinalização no começo da prova.
Foram necessários 8km para encontrar um ritmo confortável e também a frequência cardíaca dentro do meu limiar de lactato.

Quando chegamos ao ponto mais extremo do percurso, na Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres, atravessamos a muralha do Forte e seguimos uma trilha em direção ao mirante, localizado à 57 metros de altitude, onde canhões apontados para o Atlântico emolduravam um cenário épico de batalhas, neste cenário era preciso cruzar um labirinto de pedras até alcançar o staff, que entregava a primeira pulseira de controle.

Tentando manter um ritmo e surpreso com o cenário que a prova reservava, comecei a recuperar algumas posições. Em vez de ser ultrapassado, eu ultrapassava.

No Farol das Conchas, o segundo e último posto de controle, transpor uma escadaria de pedra com 22 metros de altura, me fez esquecer do tempo e de tudo. A alegria gerada pelo prazer de correr, me fez querer estar cada vez mais ali e meu pensamento era apenas correr e não chegar ao fim.

Foi assim.

Endorfinado pelas paisagens e pelas ultrapassagens, retornei a Praia de Encantadas, depois dos 25km em 2h51m.

Vou levar boas recordações e momentos inesquecíveis da Ilha do Mel, local onde os dias não precisam de carro e o chegar é de barco.

É viver mais intenso.


Primeiro posto de controle... a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres


A trincheiras de pedras, formando um labirinto, no mirante do Forte de Nossa Senhora dos Prazeres 



O mirante do Forte de Nossa Senhora dos Prazeres... o ponto mais extremo do percurso.

Farol das Conchas: o segundo posto de controle...


...e a escadaria de pedras para alcançá-lo...


... e a vista.


em alguns pontos... era necessário caminhar.


a caminho da Praia de Encantadas... local de chegada.


Completando os 25km em 2h51min

O percurso.


Naventura Ilha do Mel - 25km
Tempo líquido: 2h51m20s

Distância: 25 km
Posição Geral: 76º de 106
Posição Faixa Etária 35-39 anos Masculino: 9º de 12



Comentários

  1. Marcelo, a Ilha do Mel é realmente maravilhosa. Correr lá deve ser um privilégio. Muita natureza, muita paz, muito tudo. Parabéns pela prova e a preparação para K42. Bombinhas vai bombar!!!hahaha
    abraço e bons km's.
    Helena
    Blog Correndo de bem com a vida
    @Correndodebem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Helena,
      Obrigado. Não conhecia o local e gostei bastante! Ah... e conhecer correndo foi melhor ainda.
      Bons treinos!
      Abracos.

      Excluir
  2. Que irado hein Marcelo.
    Fui na Ilha do Mel em 97 numa viagem de formatura do colégio, achei o lugar lindo demais e um dia quero voltar. Passo várias vezes na semana por cima e sempre paro pra dar uma olhada. Quem sabe um dia eu não me encarno em fazer essa prova também, afinal eu não consegui ir até o Farol e queria muito conhecer toda a ilha.
    Bela prova amigo, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Fabio,

      A prova foi incrível. Percebi que nas provas de trilhas perdemos a referência de tempo, não é possível comparar uma com a outra, o que por um lado é bom pois cada prova existem obstáculos e lugares diferentes.

      Boas melhoras meu amigo, estamos torcendo por você.

      Depois da lesão você vai voltar a mil!

      Abraços.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Desafio do Mirante - 4,7km

A Fratura

Corrida Internacional de São Silvestre - 15 km