Maratona de Santa Catarina - 42 km

Florianópolis(SC), 29 de Setembro de 2013. Depois de encarar trilhas, praias e montanhas nas últimas 4 provas que participei, a Maratona de Santa Catarina foi o meu retorno ao asfalto.



Maratona de SC... cheia de charme e magia. 


Abrindo a porteira para os 42km...

... e a chegada!


Não consigo descrever em palavras, prosa, narrativa, monólogo ou seja qual for a forma literária, a sensação de ter participado dessa prova.

O percurso mesmo sendo de ida e volta tinha sua magia: era a Beira Mar da Ilha catarinense.

Local onde os olhos não cansam.

A mente não enjoa.

E os ventos além-mar alimentam a alma.

Nos primeiros 8 km surgiram algumas dores musculares já conhecidas, que aos poucos foram desaparecendo. Acredito que essa seja a distância que levo para aquecer.

Nos quilômetros seguintes, a hidratação e suplementação foram como planejados.

Sem dor.

Sem câimbras.

Sem a preocupação com o tempo.

Ultrapassei o temido “muro” dos 30km sem acreditar que já havia alcançado a distância, que na mesma prova ano passado, nesse exato ponto, uma avalanche de dores e desconfortos musculares nunca antes sentidos, se manifestaram dos pés a cabeça.

Estava bem.

O sol deu ar de sua graça e um torrão na cabeça, pernas, braços e pescoço, durante todo o percurso.

Corri ao lado de alguns atletas. Conversávamos. Trocávamos alguns comentários sobre a prova e as próximas provas. Alguns me deixavam para trás, outros eu acelerava e ultrapassava. Como estava mais cauteloso com o meu ritmo, logo era ultrapassado por eles novamente, rs.

Não era raro correr sozinho por longos trechos.

Encontrei durante a prova os amigos: Fabiano correndo os 10 km; o triatleta e Ironman Milton voando baixo nos 42 km e chegando na 39ª posição geral; Eduardo Hanada fazendo um excelente tempo nos 5k e voltando as provas em pleno tratamento no joelho; e o também triatleta e Ironman Fabio que acompanhou a prova com sua bela bike Cervélo, dando um apoio e incentivo nos quilômetros finais. Obrigado Fábio e se recupere logo desse joelho ai.

Nos últimos 2km, a luz no final do túnel se aproximava a cada passada, ao comemorar dando pulos e socos ao ar, acabei chamando a atenção de um senhor que passava.

Ouvi ele falar:

- Não pule. Cuidado! Esta no final e você pode se lesionar.

Poderia ter agradecido o conselho, mas naquela altura meio extasiado, respondi:

- Estou treinando a comemoração na linha de chegada!

Quanto ao tempo que levei na prova? Foi abaixo do ano passado, dentro do meu objetivo. Mas isso não importava. Estava há alguns minutos de vencer os 42.195 m.

Nos últimos 200 metros acelerei e comecei a vibrar.

Como já havia ensaiado antes, atravessei a linha de chegada pulando e dando socos ao ar.

E é claro... já alimentado com os ventos além-mar.


A largada.


 Os primeiros metros em sentido Sul da Ilha.


 A Elite.


Ida e volta... percurso que não cansa, não enjoa.



Ainda no começo... uma luz no final do túneo...










O percurso.


Maratona de Santa Catarina
Tempo líquido: 4h11min30s

Distância: 42,195 km
Posição Geral: 254º de 461
Posição na Faixa etária 35-39: 42º de 71

Comentários

  1. Show !! Parabéns ! E Pula na chegada sim hehehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Rafael. Obrigado.
      Pois é, essa é melhor parte... a chegada,rs.

      Abraços.

      Excluir
  2. Fala Marcelo.
    Cara que legal ler teu relato. Obrigado pela citação aliás. A recíproca é verdadeira, foi um grande prazer te conhecer pessoalmente. Nos veremos por essas e outras provas. E ano que vem pretendo estar lá de novo. Acho que tenho um carinho tão grande por essa maratona que vai ser difícil não querer fazê-la todo o ano. :-)
    Parabéns pelo teu tempo, chegou bem perto das 4hs. A tua foto vibrando na chegada tá legal demais.
    Forte abraço meu amigo.
    Milton - Blog Vinte Semanas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, você voou no asfalto... excelente tempo. Parabéns. Acompanhei seu blog e sua preparação para a prova, sua disciplina nos treinos, teve um resultado. Isso que é ter foco.

      Agora vou tentar o sub-4h, rs.

      Vamos nos encontrar em outras provas sim... mas antes da largada, é claro, porque você vai passar voando.

      Um abraço meu amigo...


      Excluir
  3. Magnifico relato Marcelo :)

    Muitos parabens...

    Esses percursos de ida-e-volta , para mim são um massacre mental ! , fico logo com a cabeça a andar á roda a pensar na volta !!

    ...eu estou a 24 dias da minha estreia na Maratona , e sem confiança nenhuma , mas depois venho a blogs como o teu e vibro com a tua partilha !!
    muito obrigado Marcelo :D

    abraço de Portugal

    Artur B

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Artur,

      Também não gosto de idas e voltas, são desgastantes psicologicamente, mas o percurso da Maratona de SC, é muito bonito.
      Tenho certeza que você vai se sair bem na maratona. Seus relatos também servem de inspiração, assim como seu blog.

      As provas que você faz são muito desafiadoras.

      Um abraço e bons treinos.


      Excluir
  4. Grande Marcelo.
    Muito bom te conhecer cara, tu é gente boa demais.
    Te ajudar durante a prova foi uma satisfação enorme. Prometo que ano que vem estaremos correndo na mesma prova, ou quem sabe em alguma outra que tenho vontade de fazer e preciso de umas dicas tuas em breve.
    Ainda não tive tempo de te mandar algumas fotos que tirei mas farei isso assim que puder.

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Fabio,

      Mais uma vez obrigado. Tambem foi um prazer conhecê-lo, e assim que você melhorar do joelho, vai voltar voando no asfalto.
      Muito legal, você ter passado algumas dicas durante a prova para o Adriano Bastos, rs... a vitória dele teve uma contribuição sua.

      Logo, nos encontraremos em uma largada.

      Boas melhoras campeão!

      Um forte Abraços.

      Excluir
  5. Você descreveu a maratona de forma tão poética! É lindo de ler, porque é notável o que a corrida proporciona pra gente essa sensação de bem estar. É maravilhoso sentir essa força de vontade! Parabéns Guerreiro, isso mesmo vibra,pule e comemore! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Guerreira,

      O local da prova proporcionou uma certa inspiração, somado a endorfina da corrida, já vira uma overdose, rs.

      Tenho um carinho especial por Florianópolis e por essa prova.

      Valeu pela visita e bons treinos.

      Abraços.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Desafio do Mirante - 4,7km

A Fratura

Corrida Internacional de São Silvestre - 15 km